Na notícia

GNRC Israel- Programa de Massa-Masar do Centro Espiritual Pluralista Neve Shalom, da comunidade de Wahat al-Salam, e o centro Open House (Casa Aberta) de Ramle

Los miembros de la GNRC Israel junto a un grupo de treinta adolescentes judíos, musulmanes y cristianos realizaron un viaje de cuatro días para visitar y aprender juntos acerca de las diversas comunidades de Israel.

O Centro Comunitário Pluralista Espiritual (CAPS) Neve Shalom de Wahat al Salam, e o centro "Open House" (casa aberta) de Ramle, têm focado seus esforços no desenvolvimento de liderança da juventude, através do programa Massa - Masar ("A Viagem"). Este programa trabalha com jovens judeus e árabes do escola secundaria interagindo em diferentes foros, com o objetivo de construir uma liderança, para dar aos participantes as ferramentas, conhecimento e confiança para conhecer e trabalhar com o "outro".

O programa visa a aprofundar a aprendizagem através da experiência e reforçar valores como a autoestima, o respeito pelos outros, a igualdade entre pessoas e grupos, a justiça social, o respeito pela natureza e o meio ambiente. Assim, presume-se que os alunos começam a assumir a responsabilidade dentro da sociedade em que vivem. O programa também tem lugar no contexto das relações intergrupais entre judeus e palestinos cristãos árabes de nacionalidade israelense. O autoconhecimento adquirido através da conferência contribui para o diálogo, para fomentar o respeito mútuo e a paz entre os jovens judeus e palestinos, e construir uma sociedade mais integrada.

A viagem (narrado por um dos jovens participantes)

"Em nossa viagem, nos visitamos a escola ortodoxa em Ramle e da antiga cidade de Ramle. Ficamos na casa de um artista local, onde ouvimos a história de Dalia, de Open House e a história da comunidade Karaite na sinagoga . De lá, viajamos para Jerusalém para passar a noite. Isso nos deu a oportunidade para fazer uma reflexão no grupo.

No dia seguinte, tivemos um passeio a pé de Jerusalém. Encontramos uma senhora judia ultra-ortodoxa em Mea Shearim, ele argumentou com a gente sobre como e o crescimento  na comunidade ultra-ortodoxa. Nós visitavam o bairro palestino de Sheikh Jarakh e escutamos os jovens ativistas que falavam de sua luta para proteger a comunidade contra a colonização. Também ouvimos de um membro da comunidade da Igreja etíope.

img4.png

Depois vaiajamos para Neve Shalom no Wahat al Salam -Oasis de Paz-, para um programa de dois dias. Aqui, nós aprendamos sobre a comunidade árabe-judaica mista e refletimos sobre tudo o que tinha visto. Nós também conhecíamos freiras da comunidade Cristiana  Buenaventuranzas, perto de Latrun, e viajamos para a cidade árabe de Abu Ghosh, onde reunimos com o imã da Grande Mesquita. Na vizinha a Nataf, nos reunimos com representantes da comunidade religiosa e não religiosa mista judaica.

Finalmente, entre outras experiências, nos visitamos uma sinagoga, onde ouvimos a música hazanic".

Testimonials from some youth participants

"Há esperança. Isso mostra que nós podemos viver juntos, o que não é tão difícil."

-Participante de 16 anos de idade

"Eu vou começar a dizer às pessoas que os judeus não são de todo ruim - alguns querem a paz"

- Participante árabe, 17 anos

"Eu gostaria de conhecer mais árabes. Gosto de viver em uma cidade mista, passo a passo. Eu não acho que isso resolve completamente o conflito, mas o ódio não precisa ser uma parte dele."

- Participante judeu, 16 anos de idade